“Lusíadas” para Crianças

E… o que diriam as crianças dos “Lusíadas”?

Dia 28 de fevereiro, no Laboratório de Artes e Expressões, as alunas do 11º ano do curso Técnico de Apoio à Infância realizaram uma peça teatral sobre “Os Lusíadas”, mais especificamente o 1º e o 3º canto da obra.

A peça foi realizada com o intuito de explicar de uma forma mais divertida às crianças do 1º ciclo do ensino básico do Colégio Corte Real os projetos desenvolvidos durante as aulas. No final da peça, as crianças deixaram bem claro que se divertiram e entenderam cada acontecimento da obra.

“O feedback da assistência fio bastante positivo e interativo. As crianças colocaram muitas questões. Os professores evidenciaram a adaptação que fizemos do texto para as crianças, destacando a estrutura e a organização. Ficámos muito contentes!”, lê-se na nota enviada pela representante do Departamento de Comunicação e Imagem da turma.

‘’Os Filhos d’Orpheu’’ em exposição com “Pessoa e o Processo Criativo”

O resultado do projeto ‘’Os Filhos d’Orpheu’’ dos alunos do curso Técnico de Comunicação e de “Pessoa e o Processo Criativo” de Apoio à Infância do 12.º ano, está em exposição, na Galeria Professor Doutor Guilherme d’Oliveira Martins, no Edifício Norte.

Este projeto foi desenvolvido no âmbito das disciplinas de Expressão Plástica, História da Cultura e das Artes, Português e Inglês. A primeira fase deste projeto consistiu no estudo das informações biobibliográficas referentes a Fernando Pessoa e seus heterónimos, visionamento de documentários e análise de textos/poemas. Este primeiro passo, consistiu na realização de uma pesquisa sobre o autor estudado, com imagens relacionadas com o seu universo imaginário, os seus atributos físicos, objectos com que se relacionava, os próprios heterónimos: Álvaro de Campos, Alberto Caeiro, Ricardo Reis elementos característicos da cidade de Lisboa, a sua musa Ofélia. As ideias tiveram por base conceitos sobre Fernando Pessoa e a sua imagética associada, bem como as correntes estéticas da História de Arte da primeira metade do século XX. Posteriormente, os alunos procederam a uma caracterização das correntes estéticas escolhidas para os projetos, elaboraram uma biografia do autor da obra escolhida e descreveram-na. Por fim, relacionados todos os conhecimentos resultantes do trabalho de pesquisa, os alunos “colocaram mãos à obra” e elaboraram elementos bidimensionais e tridimensionais com recurso a materiais diversos, em alguns casos reutilizáveis sendo que, no caso da turma de Técnico de Apoio à Infância, foram utilizadas técnicas de representação utilizadas em ambiente de creche, pré-escolar e 1.º ciclo.

Tratou-se de um projeto que proporcionou aprendizagens bastante enriquecedoras com toda a metodologia de projeto e mais ainda com as pesquisas realizadas. Brevemente, teremos oportunidade de ver mais peças baseadas na vida e obra de Fernando Pessoa.

Apoio à Infância apresenta Roteiro de Conclusões

As alunas do curso Técnico de Apoio à Infância, apresentaram, no dia 31 de janeiro, o Roteiro de Conclusões no Laboratório de Artes e Expressões, com balanço positivo.

Foram realizadas várias apresentações, em suportes digitais, com as aprendizagens que as jovens adquiriram durante a sua Formação em Contexto de Trabalho, mostrando também os momentos mais marcantes da mesma. As alunas tiveram igualmente oportunidade de apresentar a proposta para a Prova de Aptidão Profissional, projeto de final de curso com o qual irão concluir no próximo ano o ciclo formativo

O Dia do TEU Diploma!

A Escola Técnica Profissional da Moita, no passado dia 6 de dezembro, recebeu os jovens diplomados para entrega dos respetivos diplomas e certificados. Um dia muito importante para toda a comunidade educativa, simbolizando a efetiva formalização da conclusão do ciclo formativo.

Os jovens e suas famílias foram recebidos com um welcome drink, recordando os melhores momentos da sua Gala de Finalistas. Os Técnicos das várias áreas, Cozinha-Pastelaria, Restaurante-Bar, Apoio à Infância, Auxiliar de Saúde e Produção Agropecuária receberam, um a um, o Diploma pelas mãos dos seus professores, de alguém que se tornou uma referência do seu percurso formativo.

A Escola Técnica Profissional da Moita deseja muito sucesso a todos, seja no percurso profissional para quem se prepara para fazer parte do mercado de trabalho, seja para os jovens que optaram pelo prosseguimento de estudos.

A iniciativa terminou com um jantar confecionado e servido pelos nossos alunos de Restauração e contou com o apoio dos alunos do 10.º ano de Organização de Eventos.

ETPM brinda Alunos de Mérito com WEB Summit 2019

A Escola Técnica Profissional da Moita brindou os alunos de mérito com uma entrada na Web Summit 2019.

Os jovens assumiram este prémio como uma experiência única e inesquecível. Depois de um enquadramento sobre este evento mundial – Web Summit 2019 – os alunos afirmaram que os temas aqui explorados foram a tecnologia, internet e inteligência artificial.

O grupo destacou ainda o que lhes suscitou maior interesse – as consequências da evolução tecnológica, a área de Marketing e o seu envolvimento nas empresas, os benefícios sobre a rede 5G e as energias renováveis.

“Neste dia, também foi interessante, colocar à prova a língua inglesa!”, afirma um dos alunos premiados. “Expor um produto em quatro minutos, foi algo que trouxe grande dinamismo, tornando as apresentações muito cativantes”

As alunas de Comunicação, Mariana Serejo e Ana Rita Semedo produziram uma peça audiovisual, contando com a colaboração dos colegas que também visitaram a Web Summit, para explicar o que sentiram e o que aprenderam, em forma de agradecimento por esta oportunidade.

Mobilidade de futuras Técnicas Apoio à Infância

As alunas do 10.º Ano do Curso Técnico de Apoio à Infância já iniciaram a sua primeira Mobilidade no Colégio Corte Real!

 Esta é a primeira experiência com a realidade diária de uma instituição de ensino e está a ser vivida com enorme expectativa e motivação por parte de todas as alunas. No Colégio Corte Real as alunas são acompanhadas pela equipa pedagógica da instituição, Educadoras e Técnicas de Apoio à Infância, que, de forma atenta e colaborativa, se constituem como elementos estruturantes e co-construtores do Projeto Carreira de cada jovem.

Associação MulherEndo dinamiza sessão informativa na ETPM

As alunas do curso Técnico de Apoio à Infância participaram numa sessão de informação da Associação MulherEndo, dinamizada, ontem, no período da manhã, na Biblioteca Professor Carvalho Rodrigues, na Escola Técnica Profissional da Moita.

Na área de Saúde Infantil, são trabalhadas questões relacionadas com o processo de gravidez, com o parto e com o desenvolvimento infantil. Neste sentido, surgiu a curiosidade de explorar estes temas que dizem respeito à menstruação e aos problemas a ela associados e as alunas mostraram bastante interesse em esclarecer as várias dúvidas sobre o assunto.

A MulherEndo tem por objetivo principal promover e fomentar o apoio, a reabilitação e/ou recuperação física e psicológica da mulher com Endometriose através da informação e cooperação direta. Dar resposta às perguntas das mulheres que têm esta doença, informar sobre os seus sintomas. Com estas formações pretende-se estar mais próximo da Comunidade.

Endometriose é uma doença com tamanha expressão que é hoje reconhecida como uma doença social. O seu impacto na sociedade é tremendo, e é considerada como um grave problema de saúde pública.

Pic_Nic ETPM. Tu fazes parte!

Hoje, alunos e professores ETPM juntaram-se para um mega pic_nic, no Parque Municipal da Moita. Uma manhã de diversão, com várias atividades animadas, promotoras de integração dos novos alunos e de toda a equipa.

Somos todos ETPM!

E ainda… numa tentativa de diminuição da pegada ecológica, as alunas de Comunicação trouxeram os seus copos reutilizáveis, evitando lixo e desperdício.

Recri-AÇÃO pelas alunas de Apoio à Infância

As jovens curso Técnico de Apoio à Infância desenvolveram um projeto junto das crianças do Colégio Corte Real, no âmbito da dramatização das histórias, fomentando as práticas de partilha e de cidadania ativa.

As jovens do 10.º ano dramatizaram histórias infantis para os meninos do Colégio Corte Real, um projeto desenvolvido na disciplina de Técnicas Pedagógicas e Intervenção Educativa e que teve como base passar os conceitos de certo e errado.

As alunas do curso Técnico de Apoio à Infância recontaram a Alice mas, desta vez, no país das Lições, e o Capuchinho que, em vez de vermelho, era preto e tudo começa com um teatro de fantoches em que o lobo não come ninguém. Até ao “palco” foram levadas histórias inventadas como o “Arco Íris” que conta a vida de um menino que não polui, que não luta e que, no fim, é recompensado … e a “Ariana, a Aprendiz” cuja a essência se resume à partilha com a irmã.

Estes momentos tiveram como espectadores os meninos do pré escolar e 1.º ciclo do Colégio Corte Real.

Lixo de Luxo para assinalar o Dia Mundial do Ambiente

No dia 07 de junho, realizou-se o Lixo de Luxo, um desfile promovido por duas alunas do Curso Técnico de Comunicação cuja construção dos fatos implicou a utilização única e exclusiva de produtos recicláveis. Assinalando o Dia Mundial do Ambiente, os fatos foram a concurso, avaliando a criatividade e maioritariamente a reutilização de materiais.

Tratou-se de um projeto das alunas Inês Silva e Hérica Oliveira que, depois de aceitarem o desafio proposto pela área técnica do curso, propuseram reativar uma iniciativa já um pouco esquecida, e lançaram-se à organização desta atividade e ao desenvolvimento do projeto, enquadrando vários objetivos de módulos técnicos – como a Escrita Criativa, Técnicas Criativas, entre outros. Acabaram por desenvolver também competências transversais como a Colaboração e Cidadania Ativa. Mas o Lixo de Luxo teve um objetivo principal, o de chamar a atenção para os problemas do meio ambiente.

O desfile teve a adesão de várias turmas que deram o seu contributo na produção de fatiotas bastante originais e criativas. Além da colaboração das turmas ETPM, a iniciativa contou ainda com o apoio da Amarsul que disponibilizou ecobags e brindes para entregar aos concorrentes.

E… como se tratou de um concurso, os três primeiros classificados foram os seguintes:

1.º Classificado: Cozinha – Pastelaria 11.º ano C/D

2.º Classificado: Soldadura 10.º ano

3.º Classificados: Apoio à Infância 10.º ano + Auxiliar de Saúde 10.º ano

As alunas acrescentam:Queremos agradecer a todos os participantes, professores e à Amarsul. Estiveram muito bem e estão todos de parabéns! Não se esqueçam que os nossos atos são as nossas próprias consequências. Vamos todos mudar e fazer a diferença!

Parabéns às jovens pela iniciativa!