Lixo de Luxo para assinalar o Dia Mundial do Ambiente

No dia 07 de junho, realizou-se o Lixo de Luxo, um desfile promovido por duas alunas do Curso Técnico de Comunicação cuja construção dos fatos implicou a utilização única e exclusiva de produtos recicláveis. Assinalando o Dia Mundial do Ambiente, os fatos foram a concurso, avaliando a criatividade e maioritariamente a reutilização de materiais.

Tratou-se de um projeto das alunas Inês Silva e Hérica Oliveira que, depois de aceitarem o desafio proposto pela área técnica do curso, propuseram reativar uma iniciativa já um pouco esquecida, e lançaram-se à organização desta atividade e ao desenvolvimento do projeto, enquadrando vários objetivos de módulos técnicos – como a Escrita Criativa, Técnicas Criativas, entre outros. Acabaram por desenvolver também competências transversais como a Colaboração e Cidadania Ativa. Mas o Lixo de Luxo teve um objetivo principal, o de chamar a atenção para os problemas do meio ambiente.

O desfile teve a adesão de várias turmas que deram o seu contributo na produção de fatiotas bastante originais e criativas. Além da colaboração das turmas ETPM, a iniciativa contou ainda com o apoio da Amarsul que disponibilizou ecobags e brindes para entregar aos concorrentes.

E… como se tratou de um concurso, os três primeiros classificados foram os seguintes:

1.º Classificado: Cozinha – Pastelaria 11.º ano C/D

2.º Classificado: Soldadura 10.º ano

3.º Classificados: Apoio à Infância 10.º ano + Auxiliar de Saúde 10.º ano

As alunas acrescentam:Queremos agradecer a todos os participantes, professores e à Amarsul. Estiveram muito bem e estão todos de parabéns! Não se esqueçam que os nossos atos são as nossas próprias consequências. Vamos todos mudar e fazer a diferença!

Parabéns às jovens pela iniciativa!

Feira do Livro, em Lisboa

No dia 6 de junho, no âmbito das disciplinas de Tutoria de Turma, Português e Inglês as turmas do 10.º A, do Curso Técnico de Saúde e o 11.ºC/D do curso Técnico de Cozinha/Pastelaria realizou uma visita de estudo à Feira do Livro com o objetivo de fomentar o gosto pela leitura e conhecer editoras, autores emergentes, autores clássicos, best sellers e novidades.

Na Feira do Livro pudemos perceber que as editoras com maior representatividade ao nível do número de autores, obras publicadas e diversidade de temas são a Porto Editora e Leya.

Gostámos de conhecer os alfarrabistas, ou seja, livreiros que vendem livros usados, mas em bom estado, sendo que a maioria deles tem disponível para venda obras raras, como as primeiras edições de alguns autores (alguns dos quais abordados nas aulas de Português), que datam dos anos 30, 40, ou 50, por exemplo.

Como o clima estava ameno tivemos oportunidade de usufruir do espaço envolvente, o Parque Eduardo VII, e da vista sobre o Marquês de Pombal e o Tejo.

Houve tempo para compras e partilha de experiências literárias. Esta visita serviu de mote para o clube de leitura que vamos iniciar na disciplina de Português.

Feira Regional de Maio. Fizemos parte!

Pela primeira vez, a Escola Técnica Profissional da Moita participou na Feira Regional de Maio, na Moita, numa parceria com a Comissão de Festas no sentido de promover as iguarias dedicadas às tradições regionais e atividades enquadradas na oferta formativa.

A equipa ETPM fez parte de três dos quatro dias de Feira Regional, numa Yellow Food Truck, junto à Praça da República, onde os nossos alunos de Cozinha-Pastelaria e de Restaurante-Bar apresentaram as iguarias e cocktails bastante apreciadas pelos visitantes. Muito dinâmicos, os nossos jovens, na interação com a população e no enquadramento das suas confeções.

Também fizeram parte desta atividade alunos dos cursos técnicos de Auxiliar de Saúde, Soldadura e Produção Agropecuária com iniciativas interessantes como apresentação de cuidados geriátricos, perfil do Soldador e uma breve explicação sobre a construção de uma horta vertical.

Todos os envolvidos, em ambiente de feira e festa, foram bastante proativos na divulgação da oferta formativa, no posicionamento do nome ETPM e do seu projeto educativo. f

Feira de Projetos Educativos com presença ETPM

Entre os dias 14 e 17 de maio, o Pavilhão Municipal de Exposições, na Moita, recebeu a Feira de Projetos Educativos que contou com a presença da Escola Técnica Profissional da Moita e do Colégio Corte Real.

Este ano, a ETPM lançou vários desafios aos visitantes relacionados com os cursos profissionais o que resultou num maior dinamismo no espaço e na feira. Todos os cursos estiveram representados pelos nossos jovens que, com empenho e responsabilidade, conseguiram divulgar a oferta formativa do próximo ano letivo, de uma forma prática e ativa. Dinamizaram o stand, alunos dos cursos técnicos de Restaurante-Bar, Cozinha-Pastelaria, Auxiliar de Saúde, Apoio à Infância, Produção Agropecuária e Soldadura.

De acrescentar a realização de dois workshops e de uma masterclass – o MOITA À PROVA, no dia 15 de maio, que nos deu um pouco da Tradição, do Mar e da Gastronomia Local. A 16 de maio, teve lugar AS NOSSAS RAÍZES, uma sessão para saber mais sobre a produção biológica. Uma grande mais valia nos tempos de hoje! A fechar em grande, apresentámos a Master Class BIO :: DÁVEL sobre Cozinha Biológica e Alimentação Saudável, no dia 17, à noite. A resposta dos visitantes foi muito positiva.

E ainda, o curso técnico de Restaurante-Bar colaborou no welcome drink, realizado no primeiro dia de feira, e os alunos do curso técnico de Organização de Eventos fizeram parte da organização da Feira de Projetos Educativos, durante todos os dias do evento.

Ensino da Ciência com Criatividade e Sustentabilidade

Na Escola Técnica Profissional da Moita o ensino das ciências passa também pela sustentabilidade e pela criatividade, motivando os alunos na aquisição das suas competências integradas em cada área profissional. Assim, surgiu a exposição Ensino das Ciências com Criatividade e com Sustentabilidade, pelos cursos de Auxiliar de Saúde, Produção Agropecuária e Soldadura.

Ao longo dos tempos, o ensino das ciências tem sofrido imensas alterações. A evolução tecnológica permitiu alargar os conhecimentos nesta área. E a criatividade esteve sempre presente ao longo deste processo. Aliado ao ensino das Ciências, Criatividade e Sustentabilidade, a equipa pedagógica ETPM desafiou os alunos a realizar esta demonstração de aprendizagem associando uma veia artística e criativa às suas competências. A articulação com as áreas científicas de Física e Química, Química e Biologia e a área técnica dos 10.º anos dos cursos Técnicos de Auxiliar de Saúde; Soldadura, e 11.ºano de Produção Agropecuária, resultou num projeto aliado às Ciências e promotor de um trabalho conjunto entre diferentes áreas de intervenção.

A exposição esteve patente na Galeria Professor Doutor Guilherme D’Oliveira Martins, no Edifício Norte do nosso campus escolar e foi muito apreciada por todos os visitantes, aos alunos, professores e famílias, juntaram-se ainda alunos de outras escolas.