INFO

BEM VINDO AO ANO LETIVO 2019-2020!  PODES CONSULTAR AQUI O HORÁRIO DOS TRANSPORTES ETPM PARA O 1.º PERÍODO

O QUE SÃO ?

EMPRESAS​ ​PEDAGÓGICAS

Definimos como espaço de aprendizagem em contexto real, onde os alunos têm a oportunidade de desenvolver e mobilizar as competências do perfil dos alunos ETPM e do perfil profissional através da prestação de um serviço ou conceção de um produto, conferindo um sentido prático, concreto e articulado com as componentes de formação tecnológica, científica e sociocultural.

 

As nossas Empresas Pedagógicas enquadram-se em três tipologias:

1.Empresas que “nascem” no interior da Escola e que definem o seu plano de negócios, tornando-se estruturas autónomas, logística e financeiramente. A sua coordenação é assumida pelo diretor de curso, em articulação com formadores da equipa técnica e os alunos.

São exemplos: o Restaurante A Oficina, a Loja da Comunicação, a Quinta do Castanheiro, Unidade Pedagógica de Saúde.

 

2.Empresas/Instituições que colaboram connosco através de protocolo de parceria definindo-as como entidades que para além do acolhimento dos nossos alunos em Formação em Contexto de Trabalho desenvolvem ainda Unidades de Formação de Curta Duração/Módulos da componente de formação tecnológica ou pontualmente determinados objetivos de aprendizagem desta, por meios dos seus recursos humanos qualificados.

São exemplos: CUF Descobertas, APORFEST – Associação Portuguesa Festivais Música, Grupo José Avillez, EPIM.

 

3.Empresas parceiras em projeto piloto com as quais desenvolvemos uma nova relação Escola-Empresa promotora da inovadora abordagem pedagógica Work Based Learning, em que os recursos humanos qualificados (formadores e mentores) fazem parte da mesma equipa pedagógica da Escola, podendo desenvolver-se situações de aprendizagem em contexto de mobilidade na entidade mas também na ETPM, com estes profissionais. A matriz curricular é desenhada em conjunto, tendo em conta o que ambas as partes poderão melhor desenvolver, uma vez que uma parte significativa da componente de formação tecnológica é desenvolvida pelos recursos humanos qualificados, com know how e perfil adequados. O acompanhamento do grupo-turma é realizado durante os três anos do ciclo formativo.

São exemplos: Colégio Corte Real, Pestana Hotel Group, El Corte Inglés

 

Independentemente da tipologia, qualquer empresa pedagógica exige uma complementaridade constante entre a Dimensão Pedagógica (a sua missão) e a Dimensão Comercial.  O envolvimento e participação dos alunos na atividade da empresa é supervisionado pedagogicamente, garantindo sempre que são cumpridos todos os requisitos para o desenvolvimento de um processo de aprendizagem de acordo com o perfil de pessoa que pretendemos ajudar a construir e o perfil profissional. Por outro lado, tem-se em conta a sustentabilidade e o elo afetivo com o mercado de trabalho.

Ambientes de aprendizagem mais diversificados e ricos, figuras de referência especialistas da área, oportunidade para se acompanhar as tendências do setor através da imersão no contexto, possibilidade das entidades empregadoras conhecerem futuros candidatos reduzindo gastos desnecessários com tempo de recrutamento e capacitação de recursos humanos, relações mais próximas entre a escola e a empresa permitindo uma maior transparência e maior entendimento das qualificações são algumas das vantagens das Empresas Pedagógicas que almejamos virem a tornar-se progressivamente no âmbito da terceira categoria.

QUINTA PEDAGÓGICA DO CASTANHEIRO

A Quinta Pedagógica do Castanheiro nasce da colaboração com a Escola Técnica Profissional da
Moita na formação de jovens Técnicos de Produção Agropecuária e desenvolve métodos
baseados nos princípios da Produção Integrada, enquanto Empresa Pedagógica que é.

A Quinta Pedagógica do Castanheiro é o grande instrumento de formação para os alunos de
Produção Agropecuária onde podem colocar em prática todas as bases teóricas lecionadas na
escola, ter contacto direto com o mundo rural e tudo o que gira em torno da gestão de uma
propriedade agrícola, podendo experienciar várias culturas, métodos e técnicas, não só do
ponto de vista fitotécnico como zootécnico. Tratando-se de um curso com uma componente
prática muito forte, ter uma quinta de aplicação constitui um fator chave para formação
adequada dos nossos alunos.

A quinta serve os alunos de Produção Agropecuária, na medida em que serão os alicerces
fundamentais para o seu funcionamento, e é o fruto desta “experiência” que servirá toda a
comunidade escolar e local. É neste ponto que nos diferenciamos. Aqui, para além de
podermos dar a conhecer a realidade do mundo rural a miúdos e graúdos, mostramos também
o trabalho dos nossos alunos, as novas técnicas, o desenvolvimento de novos produtos e as
novas tecnologias, fruto das parcerias entre cursos.

A Quinta Pedagógica do Castanheiro será um complemento importante para toda a EPTM e
Colégio Corte Real. Para os mais pequenos permite que possam estreitar laços com a terra,
com os animais e com a saudável vida no campo, contribuindo para a eliminação de realidades
totalmente urbanas! Aos alunos de cozinha permite colher do campo diretamente para
panela…

Uma saudável extensão do campus atual de que todos, sem exceção, com certeza
beneficiarão!

Os DA QUINTA! – são cabazes constituídos por produtos da Quinta Pedagógica do Castanheiro
que poderão ser enriquecidos com produtos locais transformados como azeite, geleias e
compotas.

Mais? Claro! Ainda terá direito a receitas e dicas que farão de si um verdadeiro Chef.

UNIDADE PEDAGÓGICA DE SAÚDE

A Unidade Pedagógica de Saúde, enquanto Empresa Pedagógica, é um instrumento de
formação cujo desenvolvimento está nas mãos dos alunos, orientados pela equipa técnica do
curso Técnico de Auxiliar de Saúde.

Um dos principais projetos em curso é sem dúvida a dinamização da Unidade Pedagógica de
Saúde, situada no Edifício Central da Escola Técnica Profissional da Moita, fazendo parte
integrante do espaço de aprendizagem dos alunos de todos os ciclos formativos. Pretende-se
com este espaço que os jovens possam realizar simulações de vários contextos da saúde,
sempre relacionadas com o seu perfil de competências. Assim, este espaço encontra-se em
plena “construção” estando previstos a identificação de materiais necessários para as aulas
práticas bem como a elaboração de procedimentos relativos à sua própria gestão. É fulcral o
envolvimento dos alunos nesta “construção”.

A Loja da Comunicação | Gabinete de Comunicação e Imagem, associada ao conceito de Empresa Pedagógica é uma estrutura acessível a toda a comunidade educativa da Escola Técnica Profissional da Moita e população em geral, detentora de uma política de comunicação integrada, com vista a evidenciar a missão, valores e, consequentemente, o conceito desta escola.

A missão da Loja da Comunicação é, por um lado, contribuir para a melhoria permanente e evolução desta instituição, através do apoio à gestão da comunicação interna e da promoção da sua identidade e imagem exterior, reforçando a relação escola – comunidade – empresas. Por outro lado, através da prestação de serviços integrados, atendendo aos recursos existentes, a Loja da Comunicação irá, junto da comunidade educativa, população local, empresas e instituições, promover e prestar esses mesmos serviços. A Loja da Comunicação | Gabinete de Comunicação e Imagem acrescenta valores como a Criatividade, Inovação e Empenho.

A vertente pedagógica é desenvolvida num espaço de aprendizagem em contexto real onde os alunos têm a oportunidade de mobilizar as suas competências e comportamentos através da prestação de um serviço ou conceção de um produto dirigido a uma carteira de clientes. Enquanto empresa pedagógica, a Loja da Comunicação | Gabinete de Comunicação e Imagem tem a função de moldar o aluno no sentido de adequar a sua postura ao mercado de trabalho, e potenciar a articulação pedagógica, valorizando a componente técnica em perfeita sintonia.

O Colégio Corte Real – Cooperativa de Solidariedade Social, C.R.L., foi constituído no ano de 2005. Em 2008, obteve o reconhecimento de equiparação a IPSS (Instituição Particular de Solidariedade Social). Integrando várias valências como a Creche, Pré Escolar e Primeiro Ciclo do Ensino Básico, o seu propósito é o desenvolvimento de respostas sociais de qualidade dirigidas a crianças e jovens no concelho da Moita, de forma a suprir as carências existentes.

A maioria dos cooperantes do Colégio Corte Real, CRL, está ligada de forma direta à educação e formação de crianças, jovens e adultos através da Escola Técnica Profissional da Moita.

Desde a sua origem que o  Colégio Corte Real estende a sua ação à promoção de Atividades de Enriquecimento Curricular em parceria com os Agrupamentos Verticais de Escolas Fragata do Tejo e José Afonso e Escola Técnica Profissional da Moita, do concelho da Moita e com a Direção Geral de Estabelecimentos Escolares (DGEstE), através do ensino de inglês, expressão musical e outras atividades lúdico-expressivas, atividade física e desportiva e apoio ao estudo.

O Colégio Corte Real funciona ainda como empresa pedagógica, um instrumento essencial no ciclo de aprendizagem dos alunos do Curso Técnico de Apoio à Infância da Escola Técnica Profissional da Moita. Um espaço concreto em contexto real que permite a aplicação prática das aprendizagens dos jovens alunos.

O Restaurante de Aplicação “A OFICINA” é uma empresa pedagógica que permite aos alunos aplicarem na prática as competências adquiridas, desde o primeiro ano, e está situado no Edifício Norte da Escola Técnica Profissional da Moita.

Aqui são criadas as condições para o desenvolvimento das competências dos jovens, no que respeita à sua motivação e envolvimento nas atividades para que procurem fazer cada vez mais e melhor, tornando-se mais capazes e mais seguros de si.

Este restaurante funciona como um estabelecimento de restauração mas numa vertente pedagógica. Serve também, sob reserva, para o exterior. Os alunos de Cozinha – Pastelaria confecionam na Cozinha Experimental e os jovens de Restaurante – Bar realizam o serviço e preparam a sala. Além de almoços, A OFICINA apresenta pequenos almoços deliciosos.

A EPIM permite a maximização dos recursos existentes e da capacidade instalada pela resposta concertada entre a entidade promotora e entidades parceiras que conduz à existência de recursos que dificilmente um operador isolado o conseguirá fazer. Situada fora do campus escolar ETPM, a ESCOLA PROFISSIONAL DE INDÚSTRIA DA METALURGIA E DA METALOMECÂNICA, funciona como empresa pedagógica.

Trata-se de uma oferta de carácter inovador no nosso Sistema Nacional de Educação que ligará, de forma permanentemente, os alunos, a escola, as empresas e, consequentemente, o mercado de trabalho.

Isto é o conteúdo do separador. Clique no botão Editar para alterar este texto. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Ut elit tellus, luctus nec ullamcorper mattis, pulvinar dapibus leo.

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Ut elit tellus, luctus nec ullamcorper mattis, pulvinar dapibus leo.

Isto é o conteúdo do separador. Clique no botão Editar para alterar este texto. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Ut elit tellus, luctus nec ullamcorper mattis, pulvinar dapibus leo.

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Ut elit tellus, luctus nec ullamcorper mattis, pulvinar dapibus leo.