Notícias

  • 18-06-2018
    Jovens Qualificar para Crescer na Madeira
    Jovens Qualificar para Crescer na Madeira

    Os nossos alunos de 10.º ano, do curso profissional de Restaurante/Bar, que integram o projeto piloto Qualificar para Crescer, realizaram a sua 3.ª mobilidade, e desta vez, voaram rumo à Pérola do Atlântico.

  • 08-06-2018
    Reflexão do Perfil Profissional de Técnico de Comunicação
    Reflexão do Perfil Profissional de Técnico de Comunicação

    Os jovens do curso Técnico de Comunicação – Marketing, Relações Públicas de Publicidade fizeram da Biblioteca Professor Carvalho Rodrigues o palco para as apresentações das Reflexões do Perfil Profissional de um Técnico de Comunicação, no dia 8 de junho.

  • 08-06-2018
    Nutricionistas alertam para Alimentação Saudável
    Nutricionistas alertam para Alimentação Saudável

    No dia 08 de Junho, os alunos de 11º ano do curso Técnico de Cozinha/ Pastelaria, contaram com a visita de duas nutricionistas do Ginásio KANGAROO Health Clubs. Dr.ª Inês Lourenço e Dr.ª Tânia Albuquerque foram convidadas pelos alunos da turma, no âmbito de um Projeto desenvolvido na unidade de formação - Nutrição e Dietética da Área Técnica. 

  • 07-06-2018
    Ministério da Educação e Ciência, ANQEP e DGE em visita à Escola Técnica Profissional da Moita e Colégio Corte Real
    Ministério da Educação e Ciência, ANQEP e DGE em visita à Escola Técnica Profissional da Moita e Colégio Corte Real

    No dia 07 de junho, a Escola Técnica Profissional da Moita e o Colégio Corte Real receberam a visita de elementos da equipa do Ministério da Educação e Ciência - ANQEP e DGE, que está a acompanhar a implementação do Projeto de Autonomia e Flexibilidade Curricular nas escolas que aderiram ao mesmo.

     

  • 06-06-2018
    Reflexão do Perfil Profissional de Auxiliar de Saúde
    Reflexão do Perfil Profissional de Auxiliar de Saúde

    No dia 6 de junho, os alunos do Curso Técnico de Auxiliar de Saúde apresentaram a Reflexão sobre o Perfil Profissional de um técnico da área, tendo como base os projetos desenvolvidos no decorrer deste primeiro ano letivo.

     

  • 01-06-2018
    Feira Pedagógica do Barreiro no Parque da Cidade
    Feira Pedagógica do Barreiro no Parque da Cidade

    A Escola Técnica Profissional da Moita participou em mais uma feira pedagógica. Desta feita, tratou-se da XVII Feira Pedagógica do Barreiro que decorreu entre os dias 30 de maio e 1 de junho, no Parque da Cidade.

  • 29-05-2018
    Alunos de RB recebem Barman João Damiães
    Alunos de RB recebem Barman João Damiães

    Natural da Moita, com 25 anos de idade, João Damiães conta com uma preenchida carreira e com várias experiências profissionais de Bartender, a nível nacional e internacional. Hoje, é Barman no Minibar do Grupo Avillez e é já uma inspiração para os jovens ETPM que o convidaram para assumir o papel de Mentor do 11.º ano de RB.

  • 28-05-2018
    ETPM na 14.ª edição da Biofesta
    ETPM na 14.ª edição da Biofesta

    A equipa da Escola Técnica Profissional da Moita esteve representada na 14.ª edição da Biofesta, durante a Feira Regional de Maio, na Moita. Os alunos de Restauração otimizaram as suas iguarias com produtos biológicos e apresentaram uma ementa saudável a todos os visitantes.

  • 27-05-2018
    Linguagem Gestual Portuguesa
    Linguagem Gestual Portuguesa

    No âmbito das atividades extra curriculares (AEC ́S), na disciplina de atividades lúdico expressivas (ALE), realizou-se no dia 25 de Maio, uma ação de sensibilização sobre a Língua Gestual Portuguesa.

  • 25-05-2018
    Feira de Projetos Educativos conta com ETPM
    Feira de Projetos Educativos conta com ETPM

    A Escola Técnica Profissional da Moita participou na Feira de Projetos Educativos, entre os dias 15 e 18 de maio, que se realizou no Pavilhão Municipal de Exposições, na Moita.

|<

>|

09-06-2017

Constelação 2030 - Caminhos para Inovar na Educação, apresenta Referencial de Inovação Pedagógica da Escola Técnica Profissional da Moita

pic

A Escola Técnica Profissional da Moita recebeu Xavier Aragay, especialista em transformação educativa, Guilherme D’Oliveira Martins, Administrador Executivo da Fundação Calouste Gulbenkian e coordenador do estudo “Perfil do aluno para o século XXI”, o Professor José Vítor Pedroso, Diretor Geral da DGE, Professor Francisco Neves da DGEstE, Professor João Couvaneiro da ANQEP, Professor a Luísa Orvalho da UCP, e instituições, empresas e escolas parceiras, para a apresentação do Referencial de Inovação Pedagógica – Constelação 2030, realizada no dia 9 de junho.

Uma sessão de trabalho, promovida pela equipa pedagógica, com o objetivo de partilhar e refletir sobre a operacionalização do referencial de inovação pedagógica procurando encontrar, em conjunto, caminhos para as seguintes inquietações:

O nosso planeamento é pensado a partir do essencial – que perfil de cidadão queremos desenvolver (cidadão e futuro profissional de uma determinada área)?; E para a construção desse perfil que situações de aprendizagem temos de promover?; E nessas situações de aprendizagem estamos a incorporar os sonhos que estão plasmados nos projetos de vida de cada um dos nossos alunos?; E para que essas aprendizagens se tornem significativas como é que organizamos o nosso tempo e espaços pedagógicos?; As competências transversais que a sociedade contemporânea nos exige estão incorporadas, de forma transversal, nas situações de aprendizagem?

A exploração do referencial iniciou com uma intervenção de Alexandre Oliveira, Presidente do Conselho Diretivo, que partilhou a visão de uma escola com mais sentido, ancorada na construção dos projetos de vida de cada um dos seus jovens alunos, em conjunto, e que acrescente valor através da sua operacionalização. A viagem esteve organizada por grupos temáticos constituídos por elementos da equipa pedagógica e convidados subordinados as seguintes temáticas: Perfil do Aluno; Projeto Carreira; Tutorias de Turma; Competências Digitais Transversais; Reconstrução Curricular e Trabalho Colaborativo; Ambientes de Aprendizagem. Uma mesa de trabalho inteiramente dedicada aos representantes dos alunos desta escola que refletiram, e partilharam, a escola que têm e a escola que querem.

Segundo o Professor Guilherme D’ Oliveira Martins “a escola é disponibilidade de espírito (…) por isso, a humildade e a modéstia estão inerentes ao conhecimento (…) e temos de ter consciência dos limites!” E acrescenta, no âmbito do perfil do aluno do séc. XXI que “trata-se realmente de um perfil exigente mas o desenvolvimento humano está ao alcance de todos!” Depois da intervenção do Professor, deu-se início aos trabalhos nas várias sessões para, já no final da manhã, serem apresentadas as conclusões das diferentes reflexões.

Os jovens alunos da Escola Técnica Profissional da Moita mencionaram a importância do dinamismo e da interação existente nas salas bem como dos valores transmitidos pelos professores que “nos tornam melhores pessoas e melhores profissionais”. No que diz respeito ao Perfil do Aluno, tendo consciência da atualização permanente, é imprescindível construir também o Perfil do Professor para trabalhar com os alunos. No tema alusivo aos Projetos Carreira, considerou-se que se deve incluir a relação com a Comunidade como uma diretriz na construção dos projetos dos nossos alunos. As Tutorias de Turma estão no caminho certo como um impulso à autonomia, responsabilidade e dinamismo do jovem que dá início à sua viagem formativa, trabalhando no presente para o futuro, numa Reconstrução Curricular baseada em projetos. No que se refere aos Ambientes de Aprendizagem, concluiu-se que a sala do futuro é um espaço de partilha e de trabalho colaborativo e flexível para cada área, e as Competências Digitais Transversais são consideradas essenciais, nomeadamente para a construção do e-portefólio – um instrumento essencial para a avaliação mas com um acrescento - conferir uma utilidade às competências digitais.

No final, a intervenção do Diretor Geral da Educação, José Vitor Pedroso foi direcionada para a construção de um caminho que deve ser realizado pela própria escola, “o início desta mudança tem de começar por nós próprios. Parabéns pelo trabalho, serão um exemplo para outras escolas porque é preciso ter a ousadia e de experimentar e errar!” – afirmou. De seguida, Xavier Aragay felicitou o trabalho realizado, mencionado que “a capacidade de concretizar para continuar a aprender é muito importante, pois temos de ser audazes para avançar!”

Ação e Reflexão! Valorizar o Ensino Profissional como Modelo Educativo! Em género de conclusão, foram algumas das palavras proferidas pela Professora Luísa Orvalho da Universidade Católica Portuguesa, numa manhã de análise e reflexão sobre o Ensino Profissional com um olhar para o Futuro.